Escolha uma Página

A Constelação Empresarial ou Constelação Organizacional consiste em um método terapêutico baseado nas teorias do filósofo e psicoterapeuta alemão Bert Hellinger. Hellinger também foi o principal teórico da Constelação Familiar e baseia os seus métodos na teoria do aconselhamento. Na qual, o principal objetivo é oferecer soluções para os principais problemas da organização.

Hoje em dia, um dos principais problemas organizacionais é o relacionamento. Seja ele entre funcionários, entre a chefia e os funcionários, o que chamamos problema de hierarquia, ou mesmo, problemas entre funcionários e clientes.

Todas essas relações fazem parte de um sistema integrado que colaboram ou não para o sucesso da empresa. E a Constelação Empresarial vem, exatamente, para entender e auxiliar nessas relações. Propor soluções práticas nas rotinas empresariais que podem melhorar tanto o relacionamento dentro da empresa como também a sua produtividade.

O que é Constelação Empresarial

A Constelação Empresarial faz parte de um conjunto de estudos do alemão Bert Hellinger, que desde os anos de 1980 estuda as famílias, empresas e organizações para entender a sistemática que rege as relações pessoais e institucionais. Esse conjunto de estudos ele denomina de Constelação Sistêmica, que abrange a Constelação Familiar, a Constelação Empresarial, a Constelação Organizacional e a Constelação Educacional.

Como o próprio nome diz, a Constelação Empresarial visa auxiliar empresários, CEOs, gerentes e pessoas que possuam uma posição de relevância na empresa a melhorar as relações humanas e de relacionamento de seus colaboradores ou da equipe que ele lidera dentro da instituição.

A Constelação vai ajudá-lo a analisar os pontos fracos dessas relações e como eles estão interferindo no desempenho de cada profissional e no resultado final da empresa. Dessa forma, após a análise de diversos fatores que interferem nessa relação, é possível fazer um diagnóstico acerca do que é preciso ser alterado, melhorado ou otimizado.

Como fazer Constelação Empresarial?

A Constelação Empresarial é realizada por terapêutas especializados do quadro de profissionais do Spaço Alternativo nas cidades de Franca/SP e Ribeirão Preto/SP.

Podem participar proprietários de empresas, empresas familiares, executivos, gerentes e profissionais do mundo corporativo.

Princípios da constelação empresarial

Os 3 princípios da Constelação Empresarial são a hierarquia, pertencimento e a compensação que também pode ser definido como igualdade e equilíbrio. Esses pilares são fundamentais no entendimento dos problemas de cada empresa. Todos eles precisam funcionar em harmonia para que seja mantido o equilíbrio dos sistemas.

Constelação Empresarial - Hierarquia

Hierarquia

A hierarquia é um fator preponderante na organização de uma empresa, seja na relação de chefia, de antiguidade ou de formação. É necessário que as pessoas que pertencem ao sistema da empresa compreendam que essa relação se estabelece tanto de forma vertical como de forma horizontal. Assim como se deve respeitar as decisões de um superior hierárquico, também deve-se respeitar o conhecimento de quem tem uma formação superior a você e também a quem tem maior tempo de empresa, por exemplo.

O grande objetivo dessa organização de forma hierárquica é garantir a harmonia entre os departamentos e entre o comando e os comandados. Por isso, os problemas dessas relações são recorrentes e devem e precisam ser diagnosticados e tratados com a devida seriedade e precisão.

 

Pertencimento

Dentro de uma empresa precisamos entender e respeitar as suas regras e costumes, o comportamento profissional deve estar de acordo com a cultura e os objetivos da organização que você faz parte. Tudo isso é importante para que o colaborador faça parte realmente daquele grupo e que sinta-se pertencente ao sistema.

As normas do sistema servem para ser respeitadas, elas têm prevalência quanto às normas dos departamentos e dos grupos profissionais. Por isso é importante ser leal às normas e a cultura da empresa, porque só assim vamos entender os seus objetivos e sentir que pertencemos efetivamente àquela organização.

 

O direito pertencer

  • Os fundadores da empresa são conhecidos e reconhecidos?
  • A sua história na empresa é conhecida?
  • Os funcionários anteriores ainda pertencem em espírito à empresa ou organização?
  • Fala-se com respeito dos patrões e colegas na empresa?
  • Todos funcionários têm o mesmo direito pertencer?
  • Pessoas mais fracas ou alguns grupos são vistos como tendo o mesmo direito pertencer?
  • Os proprietários / acionistas maioritários / gestores / diretores sentem como se pertencessem e os funcionários se vem pertencentes?
  • Em uma crise, a gerência e os funcionários são leais à empresa?

 

Os que chegaram primeiro têm prioridade sobre os que vieram depois

  • Em empresas que têm mais de 20 anos: Há tradições? Elas são  mantidas?
  • O envolvimento a longo prazo é honrado (por exemplo, festejos do aniversário, reconhecimento ou menção no jornal da empresa)
  • A experiência dos funcionários mais antigos tem um certo “status”?
  • Os novos gestores ou os novos funcionários utilizam a experiência dos mais antigos?
  • Depois de uma modernização ou inovações técnicas, os velhos procedimentos e os velhos produtos ainda são reconhecidos?
  • A gerência e os funcionários mais antigos trabalham de uma maneira construtiva e cooperando quando há inovações, mudanças ou reestruturações?

Compensação

Também pode ser definido como igualdade e equilíbrio é fundamental em qualquer relação humana, seja familiar ou empresarial. Pois sem o equilíbrio ou uma compensação no sentido de troca, as relações serão de mão única e não satisfará os anseios dos dois lados.

Buscar um equilíbrio entre o que você recebe e o que você doa dentro do trabalho é fundamental. Caso contrário, se pensar em apenas receber sem se preocupar com a troca, as relações de trabalho vão gerar um desequilíbrio no sistema organizacional.

Na Constelação Empresarial algumas perguntas são feitas para se verificar o equilíbrio de dar e receber e como isso está afetando a harmonia da empresa, veja abaixo alguns exemplos:

 

  • Os funcionários são ligados ao sucesso da empresa?
  • Trabalham mais ou mais tempo quando há tarefas apertadas?
  • Os funcionários consideram que o seu salário é razoável?
  • Sentem-se reconhecidos pela Administração / Gerência?
  • Gostam de assumir responsabilidades nas suas áreas?
  • A carga de trabalho nos grupos e nas equipas é distribuída proporcionalmente e de forma justa?
  • A gerência mostra interesse nas necessidades dos funcionários?
  • As tarefas e as instruções são distribuídas de uma maneira clara?
  • Os clientes são vistos e reconhecidos como parceiros
  • As reuniões de avaliação são consideradas como justas por ambos lados?
  • Os executivos de empresa também assumem riscos pessoais para a empresa?
Constelação Empresarial - Objetivos

Objetivos da constelação empresarial

O principal objetivo da Constelação Empresarial é diagnosticar problemas sistêmicos dentro de uma organização que podem atrapalhar o seu crescimento e a sua relação com o seu mercado consumidor. Com isso, auxiliar na solução desses problemas e propor mudanças e aperfeiçoamentos com o objetivo de crescimento e fortalecimento da empresa.

Para isso é necessário investigar todas as áreas da empresa e levantar problemas que podem ser de ordem pessoal, hierárquica, estrutural ou de comunicação. A Constelação Empresarial faz esse diagnóstico por meio de um completo questionamento acerca da empresa, dos seus proprietários, da cultura empresarial, momentos de dificuldades, objetivos de crescimento e dificuldades para se alcançar esses objetivos.

Após um completo diagnóstico das fragilidades da empresa, é necessário pensar soluções e propor mudanças para a melhoria do sistema empresarial. Mudanças como a melhoria da gestão de pessoal, treinamento e capacitação para líderes e gerentes e profissionalização podem contribuir para o alcance dos principais objetivos.

Como funciona a Constelação Empresarial

A Constelação Empresarial tem o seu ponto de partida quando o empresário ou gestor de uma empresa apresenta ao constelador organizacional o seu problema. Para exemplificar esse problema, o empresário escolherá pessoas desconhecidas para exercerem o papel de seus colaboradores, líderes, departamentos, clientes e também os seus produtos.

No primeiro momento, o empresário, intuitivamente, irá escolher os lugares em que cada pessoa vai ocupar. Depois cada representante dirá o que está sentindo naquela posição e onde gostaria de estar, ficar ou o que gostaria da fazer.

No segundo momento, os representantes devem se mover até chegar no estado desejado, na qual acreditem que realmente deveriam estar na empresa. Isso, para que traga os resultados esperados e o equilíbrio e tranquilidade para todos os sistemas da empresa.

Essa representação também pode ser feita por objetos, bonecos ou outras figuras que representem pessoas, departamentos, produtos e clientes da empresa.

Constelação Empresarial - Como funciona

Na empresa

É importante que o empresário leve os aspectos macro da organização para a Constelação Empresarial. Como os objetivos empresariais, uma visão de mercado, projeções futuras, inovações, público-alvo, oportunidades e outros aspectos relevantes para o crescimento da empresa.

Após o levantamento desses aspectos gerais da organização é necessário fazer indagações sobre como isso está sendo pensado e executado no dia-a-dia da empresa e identificar falhas, problemas e possíveis melhorias.

A Constelação Empresarial também pode ser feita para resolver problemas específicos de uma empresa ou auxiliar na tomada de decisão em alguns casos que veremos abaixo:

 

  • Definição de uma estratégia para uma organização.
  • Verificação da coerência da estrutura em uma organização.
  • Preparar negociações.
  • Integração após fusão ou aquisição de uma organização ou empresa.
  • Gestão de projetos.
  • Estudo de marcas e produtos.
  • Empresas Familiares.
  • Testar projetos ou a constituição de uma nova empresa.
  • Diagnóstico do funcionamento de uma empresa.
  • Gestão de conflitos nas organizações.
  • Analisar o processo de decisão em todas a áreas de negócio.
  • Como um método de investigação em estruturas organizacionais disfuncionais.
  • Ver os efeitos sistêmicos “interativos” nos diferentes departamentos de uma empresa.
  • Testar aeficácia de importantes passos ou mudanças em uma organização.
  • Testar diferentes possibilidades “a frio”: “Devo fazer isto, ou aquilo, ou talvez outra coisa qualquer?”
  • Como umaferramenta de supervisão para consultores de empresas: focalizando essencialmente no consultor, para que melhor possa lidar com o pedido do cliente.

Desenvolver uma cultura na empresa

  • Na nossa empresa, que papel desempenham os valores, as visões e os objetivos?
  • Quem é que na realidade gere o negócio? Quem é que o gere informalmente?
  • O que é que seria necessário para solidificar a nossa equipa?
  • Qual a verdadeira razão para o conflito existente entre os novos e antigos funcionários?
  • Qual é o estado de confiança e lealdade na empresa?
  • Como é que esta empresa é atrativa para os novos funcionários?

Para a pessoa ou colaborador

A Constelação Empresarial também é muito utilizada para tomada de decisões pessoais dentro de uma empresa, como sair ou permanecer na empresa, ficar na empresa ou trabalhar por conta própria, como resolver os conflitos pessoais dentro da empresa e etc.

Veja abaixo alguns casos que as pessoas podem buscar o auxílio da Constelação Empresarial:

  • Encontrar um bom lugar na empresa
  • Assumir cargo de Supervisão
  • Clarificar a sua posição na organização / empresa
  • Clarificar objetivos
  • Encontrar o equilíbrio entre a vida privada e profissional

 

Problemas financeiros e gerais da empresa

  • Os empregados têm conhecimento da verdadeira situação financeira da empresa?
  • O objetivo (razão de ser) da empresa ou organização (que produtos/serviços) é explicitamente conhecido de todos?
  • Em situação de crise, fala-se dela abertamente?
  • São admitidos os erros?
  • Se houve despedimentos ou uma grande rotação de pessoal, fala-se bem dos empregados que deixaram a empresa?
  • O desempenho e sucesso são reconhecidos?
  • Na empresa, fala-se com respeito dos clientes?·
  • Os proprietários ou acionistas maioritários sentem-se que têm um dever para a empresa?
  • Os proprietários ou acionistas maioritários são reconhecidos ou respeitados pelos funcionários?
  • Parte dos lucros são investidos na empresa?
  • A relação preço / desempenho é justa para o cliente? 

Diferenças entre Constelação Empresarial e Constelação Familiar

Apesar de compartilharem os mesmos pressupostos da Constelação Sistêmica e as teorias e os estudos de Bert Hellinger, a Constelação Empresarial se difere da Constelação Familiar tanto no público alvo, como na complexidade e profundidade dos problemas abordados.

Quanto ao público alvo, a diferença é óbvia e fácil de ser identificada. A Constelação Empresarial trabalha com empresas e organizações que podem ser desde simples empresas familiares até grandes corporações transnacionais. Dependendo do tamanho da empresa, mais complexo serão as suas relações sistêmicas e demandaram um aprofundamento na identificação de seus problemas.

Na Constelação Empresarial a relação de pertencimento é mais frágil do que na Constelação Familiar, já que na empresa você pode ser contratado ou desligado e vai exercer a sua função por um determinado tempo. Já na família você sempre vai pertencer a ela.

Por outro lado, na Constelação Empresarial vão entrar outros atores na relação como concorrentes, colaboradores, fornecedores, clientes, parceiros, sócios e etc. Isso faz com que seja mais complexa as relações e também o diagnóstico e a solução dos problemas.

O que é Constelação Familiar?

A Constelação Familiar é um método de trabalho terapêutico desenvolvido nos inícios dos anos 80 pelo filósofo e pasicoterapeuta alemão Bert Hellinger.

A Constelação Familiar trata do indivíduo em seu sistema familiar na resolução de questões que se repetem e causam sofrimentos. Provocando os emaranhamentos familiares. Hellinger observou que eventos traumáticos, como a morte prematura de um dos pais, irmão ou filho, um abandono. Crime ou suicídio, pode exercer uma força poderosa que afeta as gerações posteriores.

Saiba mais…

Resultados da Constelação Empresarial

Os resultados de uma Constelação Empresarial podem ser evidenciados na melhoria do relacionamento entre funcionários, no aumento das vendas, no aumento da produtividade e nos resultados obtidos como crescimento da empresa e dos lucros.

Durante a constelação Empresarial é possível que surjam novos insights que careçam de outros atendimentos para constelar problemas específicos. Assim, atendimentos pontuais podem ir solucionando específicos da empresa.

Para empresas com maior complexidade é recomendado que se faça consultorias sistêmicas para se compreender a plenitude dos problemas organizacionais, e assim, buscar soluções mais complexas e profundas no funcionamento da empresa.

Pin It on Pinterest

Share This